Lago Mamirauá

12 Flares 12 Flares ×

Lago MamirauáEu já contei que as incursões de canoinha na floresta eram minhas atividades preferida durante nossa estadia na Pousada Uacari, mas se eu tivesse que escolher os momentos mais bonitos daquela semana eles estariam no passeio ao Lago Mamirauá. As paisagens que avistamos nesse dia foram algumas das mais belas que já vi. O horário não poderia ser mais propício: no fim da tarde, quando a gente pôde ir acompanhando a mudança suave das cores refletidas na água. O caminho já foi especial: foi aí que todos pudemos ver o macaco uacari-branco mais de perto. Ele lá tranquilo fazendo um lanchinho e nós embasbacados dentro do barco mal respirando para não fazer barulho e espantá-lo. Só se ouvia o som do zoom das câmeras, nada mais. Já era um sinal de que o passeio prometia.

A caminho do Lago Mamirauá

Macaco uacari-branco

A caminho do Lago Mamirauá

Mas as surpresas não acabaram por aí! A todo momento nosso condutor precisava desacelerar para que aproveitássemos a beleza dos animais que iam surgindo pelo caminho. Não dá para achar bonito ver um animal enjaulado, privado de sua liberdade, depois de vê-los assim, em seu habitat natural.

Aves na Reserva Mamirauá

Aves na Reserva Mamirauá

O Lago Mamirauá tem grande importância na região, pois ele funciona como um berçário para diversas espécies animais, tanto que ele deu nome à reserva. Muitos peixes se reproduzem ali e se espalham pelas águas de Mamirauá. A pesca predatória chegou a colocar em risco a fauna local, mas a criação da reserva reverteu esse quadro. As comunidades foram conscientizadas sobre a necessidade de se preservar para que os recursos nunca faltem e os pescadores viram a quantidade de peixes nos rios da região aumentar significativamente após a proteção do lago. Hoje são os moradores de Mamirauá que se revezam como voluntários para fiscalizar o lago e evitar a pesca ilegal. É bonito ver como eles se engajaram para cuidar do local em que vivem. (Mesmo sendo vegetariana e avessa à qualquer tipo de exploração animal, não tenho como não respeitar a relação desse povo com os animais e com a natureza. A realidade dos habitantes de Mamirauá é bem diferente da vida na cidade.)

Agora preparem-se, pois chegou a hora do fotolog! Coloquei as fotos aqui na sequência em que foram tiradas, que é para vocês irem vendo como a cor do céu e da água iam mudando à medida em que o sol baixava e como a paisagem era diferente dependendo do lado para o qual olhávamos. Estas fotos foram tiradas num intervalo de cerca de 40 minutos entre a primeira e a última. Durante esse tempo a gente ficou no barco parado, “ancorado” no topo de uma árvore que se erguia sobre as águas, com direito a um lanchinho para aproveitar o pôr-do-sol. Até um arco-íris apareceu para completar a festa.

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Arco-íris no Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Lago Mamirauá

Depois disso tudo, me digam: não é beleza demais para um lugar só? A viagem ao Amazonas teria válido a pena nem que fosse só pela chance de ver esse fim de tarde, mas o melhor de tudo é que ela foi muito mais do que isso.

Veja todos os posts sobre a minha viagem ao Amazonas.

12 Flares Twitter 2 Facebook 5 Google+ 5 12 Flares ×

Continue Viaggiando:

6 Comments

  1. Ana Cristina

    Fotos maravilhosas! Adorei o post.

  2. Uau Camila! Paisagem belíssima! As fotos ficaram deslumbrantes!

  3. Daniela Moraes

    Q lugar incrível!!!!!
    Nossa as cores são indescritíveis, perdi o fôlego!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *