Aisha Esbhani, a garota de 13 anos que está lendo o mundo

0 Flares 0 Flares ×

Eu não fui a primeira pessoa a inventar de ler um livro de cada país do mundo, pelo contrário. Minha ideia foi totalmente inspirada na façanha da inglesa Ann Morgan, que em 2012 leu 196 livros de países diferentes. Quando conheci essa história fiquei totalmente apaixonada e nem dormi à noite pensando no assunto. No dia seguinte resolvi embarcar no Projeto 198 livros. Depois, procurando livros de países mais complicados, encontrei diversos outros projetos de leitura semelhantes mundo afora, alguns iniciados há quase 10 anos. Vou deixar uma lista de links no final do post para vocês conhecerem alguns desses projetos, mas só uma pessoa me impressionou mais que a Ann Morgan: a paquistanesa Aisha Esbhani.

Aisha Esbhani

Há cerca de um ano Aisha Esbhani me mandou um email pedindo dicas de livros. Ela também estava um livro de cada país do mundo, escrito por um autor nativo, mas pasmem: ela tinha apenas 12 anos! Sim, uma garota de 12 anos num projeto ambicioso como esse! A resposta dela quando apontei minha surpresa me fez virar sua fã imediatamente.

(Vou colocar aqui os textos originais da Aisha em inglês, já que não sou especialista em tradução, mas se vocês acharem que é importante a tradução para o português me avisem nos comentários.)

“I am very young, but this age factor is my project’s strength. I want to prove to the world that even youngsters can work hard to achieve their goals. That even youngsters can achieve the impossible.”

Quando conheci a Aisha ela já tinha lido o livro do Brasil. A escolha dela foi O Alquimista, do Paulo Coelho. Ela gostou tanto que acabou lendo toda a coleção de livros dele! Sei que agora vai ter um monte de gente torcendo o nariz, falando mal do Paulo Coelho, dizendo que ela poderia ter lido Machado de Assis, mas goste você ou não, ele é o nosso fenômeno literário mundial e O Alquimista é um dos livros mais vendidos no mundo. E eu também li muito Paulo Coelho quando tinha a idade da Aisha.

Estante da Aisha com a coleção de Paulo Coelho

No mês passado a Aisha chegou à metade de seu projeto, completando o marco de 98 países lidos. E um pouco antes disso, quando tinha chegado aos 90 países, ela se propôs ler 8 livros de escritoras mulheres em 8 dias. E ela conseguiu!

Ela já avançou mais ainda e agora já chegou aos 100 livros. Faltam 97 para que ela atinja sua meta. Para cada livro lido, Aisha posta uma pequena resenha na sua página do facebook, chamada Reading Books From Every Country. Ela já teve uma desagradável surpresa quando o facebook deletou sua primeira página, mas ela está reconstruindo o conteúdo e ao final do projeto as resenhas de seus 197 livros/países estarão lá.

Perguntei para a Aisha o que ela aprendeu com o projeto até agora e quais foram os momentos mais marcantes e olha só o que ela respondeu:

“This project that taught me so much and it also means so much to me! I’ve learnt to empathize more, I’ve become much better at multitasking. I think I’ve also become way more confident, I was always very shy!

I’ve had some great moments such as receiving novels and short story collections from authors themselves! (eg: Irfan Hafiz-Moments of Merriment (Sri Lanka), Robi Gottlieb-Minute Stories(Luxembourg), Xi Xu-Hong Kong Rose (Hong Kong). My quest has been featured in leading newspapers and magazines such as BBC Urdu, Dawn and Literary Hub.

I’ve faced some setbacks too. In December 2016, I lost my page. And it wasn’t easy to start again; I had posted 40 reviews on my old page and my new one felt blank. But with time, people began to follow and take interest, I got some of my old followers back too and now I’m so motivated to achieve my goals!”

Estante da Aisha - 100 livros já lidos

A Aisha também tem dificuldades para encontrar os livros de muitos países no Paquistão. Ela diz que lá ela não tem acesso à Amazon, que é minha maior fonte de livros, principalmente em versão digital. Ela compra alguns livros nas livrarias locais, mas sua fonte principal é a Book Depository, que eu também amo! E muitas vezes ela compra os livros em livrarias virtuais para serem entregues para amigos ou parentes que moram fora e eles os levam para ela quando visitam o Paquistão.

Recentemente a Aisha gravou um vídeo para a organização British Council no Paquistão com dicas de livros disponíveis na biblioteca e ela inclusive fala de O Alquimista nele.

E se você está se perguntando como a Aisha encontra tempo para conciliar tantas leituras com a escola, saiba que ela pensa como eu: o segredo é priorizar a leitura!

“A lot of people ask me how I get the time to read so much with school and homework but I think if you prioritize and really want to do something, you will do it. So don’t lose hope and keep moving forward.”

Se minha volta ao mundo em livros está sendo uma experiência transformadora, imagino como deve estar sendo para a jovem Aisha Esbhani, que tem apenas 13 anos e já tem um conteúdo literário-cultural imensurável! Minha admiração por essa garota é enorme! Quanta disposição, quanta disciplina! Quem não teria orgulho de ter uma filha como ela? Espero que a determinação da Aisha esteja inspirando muitos jovens a se aventurarem no mundo da leitura. Ela é um grande exemplo para pessoas de todas as idades!

A Aisha disse que quer ler mais livros brasileiros. E então, qual livro você indicaria para ela? E não deixe de curtir a página da Aisha no facebook e de acompanhar sua jornada literária, que pelo visto não demora muito a acabar.

Links e Projetos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Continue Viaggiando:

4 Comments

  1. Que bacana a história dessa garota! Sobre sugestão de livros brasileiros para ela, pensei em Jorge Amado, “Capitães da Areia”, talvez.

  2. oi Camila, que belezinha de garota! Depois de assistir seu video sobre o projeto também me encantei e resolvi embarcar. Montei um projeto – Viajando entre Livros – para meu canal. Usei muita dica da sua lista de livros em português. Meu canal se chama Relivrando. Acompanho seus posts e sinto falta dos seus videos. Mas entendo que seu bebê tem prioridade. bjs

    • Camila Navarro

      Oi, Cristina! Que bom que você também embarcou nessa! Estou meio em falta com a leitura de blogs e com os vídeos, mas assim que der vou passar no seu canal! E espero conseguir gravar uns vídeos em breve, mas só porque minha mãe está passando uns dias aqui, então acho que vou conseguir um tempinho. =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *