198 Livros: Nepal – Arresting God in Kathmandu

0 Flares 0 Flares ×

198 Livros - Nepal

Eu comecei o Projeto 198 Livros há mais de 4 anos e todos os meses eu recebo mensagens de pessoas que o descobriram agora e que também querem fazer essa longa viagem literária, mas teve gente que embarcou comigo desde o início, como a Luciana Malheiros. Ela não está documentando suas leituras no blog, mas já deve ter lido mais países que eu. Vocês me acham uma leitora voraz porque não conhecem a Lu! Muitas vezes eu pergunto sua opinião antes de começar um livro que ela já leu. No caso do Nepal ela não só me me disse que ele era apropriado, como me mandou seu exemplar de Arresting God in Kathmandu de presente.

Arresting God in Kathmandu traz nove contos do escritor Samrat Upadhyay ambientados em Kathmandu, a capital do Nepal. Como em todo livro de contos, não acho possível emitir uma opinião única. Gostei de uns, nem tanto de outros, mas no geral gostei do conjunto. Eles mostram situações cotidianas com toques de cultura local visíveis nos casamentos arranjados, nas cerimônias religiosas, na comida nepalesa. Talvez o fato de eu já ter lido livros de muitos países asiáticos tenha me familiarizado com costumes que poderiam parecer exóticos, mas realmente achei que o foco do livro estava nas relações interpessoais e não nas características únicas de Kathmandu.

Arresting God in Kathmandu - Samrat Upadhyay

Li alguns comentários no Goodreads e vi que muitos nepaleses não gostaram de Arresting God in Kathmandu. Falam que ele foi escrito para o público ocidental, que reforça estereótipos a respeito do país. Pode ser verdade. O próprio fato de ter sido escrito em inglês mostra que sim, ele queria atingir um público anglófono. Não é comum vermos traduções de livros escritos em nepali, né? Mas quem sou eu para julgar se um livro representa devidamente a cultura local de um país que eu nem conheço? Não acredito nem mesmo que um livro seja capaz de fazer isso, afinal, é a visão de uma única pessoa sobre um lugar e nossas visões são sempre únicas.

Ler Arresting God in Kathmandu teria sido interessante nem que fosse para levantar essas questões da representatividade de um livro para o Projeto 198 Livros, mas felizmente foi uma boa leitura. O que Samrat Upadhyay me mostrou foi que em qualquer lugar do mundo os problemas são parecidos e que de uma forma ou de outra todos estamos em busca de amor.

Arresting God in Kathmandu foi publicado originalmente em inglês, em 2001, pela editora Houghton Mifflin Harcourt. Ele está disponível na Amazon, em versão física e digital, e na Book Depository.

Mais alguns livros de autores nepaleses:

  • The Lazy Conman and Other Stories, Ajit Baral
  • The Tutor of History, Manjushree Thapa
  • Blue Mimosa, Parijat

Saiba mais sobre o Projeto 198 Livros.

O post contém links para programas de afiliados. Leia a política de monetização do Viaggiando.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Continue Viaggiando:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *