São Petersburgo – Passeio de Barco

11 Flares 11 Flares ×

São Petersburgo - Passeio de BarcoEu tinha um certo preconceito – completamente sem fundamento, eu sei – em relação a passeios de barco. Eu pensava que entrar em um barco com mais uma dezena de pessoas e ficar ouvindo um guia com um microfone narrar o nome das construções ao redor como se fosse um GPS  seria sempre uma roubada. Talvez seja porque eu prefira conhecer os lugares a pé, com calma e parando quando bem entender. Mas numa cidade como São Petersburgo, em que a água faz parte da paisagem urbana, a viagem não seria completa se ficássemos apenas com os pés na terra. Seus inúmeros canais são atravessados por nada mais, nada menos que 342 pontes! Depois de passarmos sobre várias delas, na nossa última tarde em São Petersburgo resolvemos conhecê-las por outro ângulo.

Ponte Anichkov

Os passeios de barco são anunciados em cada esquina, mas a maioria deles é apenas em russo. Em inglês há menos opções de horários, mas para conseguir uma vaga é só não deixar para comprar no último minuto. Nós compramos o nosso na Ponte Anichkov, pois era o mais perto do nosso hotel, mas nem chegamos a pesquisar o preço em outros locais. Só fique atento ao local de saída dos barcos. Os tickets são vendidos no mesmo guichê, mas o embarque dos passeios em inglês é feito uns 100 metros à frente dos demais.

Compramos nossos bilhetes com mais de meia hora de antecedência e fomos um dos primeiros a chegar para esperar o barco, mas como falta de educação a gente encontra em qualquer parte do mundo, na hora de embarcar apareceu um grupo enorme, falando espanhol,  que saiu desenfreado na frente de todos e pegou os melhores lugares. Tivemos que sentar na parte de baixo do barco, que tem a  vantagem se ser coberta e mais quente, mas que não tem o melhor ângulo para fotos.

Acho que esse passeio dispensa explicações, então o post de hoje vai ser um verdadeiro fotoblog. Para saber a localização ou o nome de alguma das construções é só passar o mouse em cima das fotos.

Castelo Mikhailovsky

Rio Fontanka

Píer do Jardim Mikhailovsky

Rio Fontanka

Rio Fontanka

Palácio de Inverno

Admiralty

Admiralty

Catedral de Santo Isaac

Rio Neva

Museu de Antropologia e Etnografia (Kunstkamera)

Fortaleza de São Pedro e São Paulo

Trinity Bridge

Trinity Bridge

Rio Neva

Rio Fontanka

O passeio durou cerca de uma hora e custou 500 rublos por pessoa (cerca de R$ 30,00). A empresa que faz o passeio é a Anglotourismo, mas os tickets são vendidos pela Neva Shipping. Há tour em inglês às 11h, 13h, 17h, 19h e 21h e um horário especial (e mais caro) à 00h20. Nós fizemos o passeio das 19h e achei que foi bom um horário, ainda de dia, mas com a luz mais baixa. Só não se esqueça de levar um agasalho, pois mesmo no verão o vento pode incomodar. Para consultar informações atualizadas, clique aqui.

11 Flares Twitter 7 Facebook 4 Google+ 0 11 Flares ×

Continue Viaggiando:

7 Comments

  1. Taí um tipo de “excursão” que eu adoro fazer! Além de a gente ver a cidade de outro ângulo, é ótimo pra dar uma descansada dos passeios a pé.

    • Wanessa, então já pode incluir no seu roteiro! De preferência depois de um dia bem cheio de atrações, assim você pode descansar os pés e continuar turistando, sem peso na consciência. 😉

  2. Natalia Gastão

    Sabe que eu precisava ter lido esse post antes de ir? hahahaha
    Fiz tudo ao contrário! Peguei o barco com o sol nos fritando, aleatoriamente e claro que com uma guia russa falando russo!!! Mesmo assim babei pela cidade!
    Foi no meu primeiro dia, para você ter uma ideia, a primeira vez que vi a Catedral do Sangue Derramado (o Zuco só a chamava de “Sangria desatada”) foi de dentro do barco, inesquecível!
    Maaas, se tivesse lido esse post, talvez escolhesse o passeio em inglês de 00:20hs, porque como a cidade quase não escurecia, seria uma forma de não me deixar dormir e ver as pontes suspensas. Fica a dica para quem vai! =)
    Parabéns pelo post e pelas lindas fotos (como sempre)!
    Beijinhos!

    • Natalia, na época em que você foi o passeio da meia-noite deve ser lindo! Quando fui escurecia tarde, mas escurecia! Mesmo assim deve ser lindo ver tudo iluminado, né? Só que eu durmo cedo, então nem cogitei passear nesse horário. rsrs

      • Thais Cristina de Oliveira

        Durante essa época que não escurece ou escurece muito pouco, acontecem vários tours nas cidades. Me indicaram os passeios de bicicleta, mas fui após o verão e eles já não estavam mais sendo oferecidos. O site indicado foi http://www.peterswalk.com/nightbike.html
        Como não fiz, recomendo que deem uma olhada para saberem se vale realmente a pena, mas fiquei com muita vontade de ter feito.

  3. Felipe Amorim de Albuquerque

    Pretendo fazer este passeio de barco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *