15 destinos nos arredores de BH

0 Flares 0 Flares ×

Muitas vezes ouvi belorizontinos dizerem que aqui não há atrações turísticas. Eu discordo totalmente! Belo Horizonte tem sim atrações para todos os gostos e é difícil montar um roteiro de apenas um fim de semana que englobe tudo que a cidade tem de mais legal. Mas também não dá para negar que os arredores de BH podem render ótimas viagens, nem que seja para simplesmente respirar ar puro e ver novas paisagens. Felizmente há inúmeras e fáceis escapadas a partir de BH, destinos possíveis de se visitar num bate e volta ou num fim de semana.

Destinos nos Arredores de BH

Alguns desses destinos são velhos conhecidos tanto dos belorizontinos como dos turistas. Uns são bem óbvios, mas outros podem ser novidade até para quem viaja muito pela região. Escolhi listar apenas os que ficam mais perto de BH, a menos de 150 km daqui. Sabe como é, o conceito de pertinho dos mineiros é outro.

OURO PRETO

Ouro Preto é o grande clássico e com toda razão. Antiga capital mineira, Patrimônio da Unesco e uma das cidades históricas mais bem preservadas do Brasil, ela merece mesmo fazer parte do roteiro de qualquer turista. Acho que ela dispensa maiores apresentações, né? Para ser sincera, eu já tinha ido a Ouro Preto algumas vezes apenas para passar o dia, mas achava o passeio cansativo e só me apaixonei realmente pela cidade quando decidi passar uma noite lá. O ideal é poder abandonar o carro e subir e descer as ladeiras de Ouro Preto sem pressa. Se seu tempo permite apenas um bate e volta, não deixe de ir por causa disso! O único problema é que provavelmente você vai querer voltar.

Distância de BH: 100 km

Veja os posts sobre Ouro Preto no Viaggiando.

Ouro Preto

INHOTIM

Não sei se o Inhotim já tirou o primeiro lugar de Ouro Preto, mas com certeza ele é um dos principais destinos dos turistas que passam por aqui. A disputa é realmente acirrada. Para mim ele é um daqueles lugares que todo mundo tem que visitar pelo menos uma vez na vida. Nunca ouvi ninguém dizer que não voltou de lá maravilhado. Não é mais possível conhecer todo o Inhotim em um único dia, já que ele não para de crescer, então muita gente tem dedicado um ou dois dias a ele. Já faz alguns anos que estive lá pela última vez e com certeza já passou da hora de eu voltar!

Distância de BH: 60 km

Veja os posts sobre o Inhotim no Viaggiando.

Inhotim

MARIANA

Mariana fica do ladinho de Ouro Preto, mas ainda assim muita gente não a conhece. Talvez o problema seja até mesmo essa proximidade, o que pode fazer com que ela seja ofuscada pela irmã mais famosa. Eu mesma só fui conhecê-la há pouco tempo e me arrependi por não ter ido antes. Não cometa o mesmo erro! Mariana foi a primeira vila erguida em Minas Gerais, a primeira capital do estado e seu patrimônio preservado mantém essa história viva. A cidade é linda e bem fácil de ser visitada, pois o centro histórico é relativamente plano e compacto, perfeito para uma caminhada. E onde mais você terá a chance de ver uma praça assim, com uma igreja ao lado da outra? Só em Mariana!

Distância de BH: 120 km

Veja os posts sobre Mariana no Viaggiando.

Mariana - Praça Minas Gerais

LAVRAS NOVAS

A região de Ouro Preto é inesgotável! Eu queria passar pelo menos uma semana por ali só para conhecer todos os distritos da cidade. Dos doze existentes eu só conheço três, mas sei que cada um tem algo interessante, afinal, essa região foi a mais importante do Brasil no auge do Ciclo do Ouro. Lavras Novas é um desses distritos. Mas nada de fazer um bate e volta a Lavras Novas! O astral ali é outro. O ideal é ir com mais tempo para aproveitar as trilhas e cachoeiras da região ou quem sabe o clima romântico das charmosas pousadas. Só fique atento ao dia da sua viagem, pois muitos restaurantes só abrem nos fins de semana.

Distância de BH: 115 km

Veja os posts sobre Lavras Novas no Viaggiando.

Lavras Novas

CACHOEIRA DO CAMPO – MATRIZ DE NAZARÉ

Mais um distrito de Ouro Preto, Cachoeira do Campo não precisa ser um destino em si, pode ser apenas uma parada estratégica. Saindo de Belo Horizonte você passará por Cachoeira do Campo para chegar a Ouro Preto ou Mariana, mas talvez não saiba que tenha um bom motivo para parar: a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazaré, um dos maiores tesouros barrocos em solo brasileiro. Que igreja maravilhosa! A entrada é gratuita, o problema é que não há um horário regular de visitação. Chegando lá, procure o padre ou o Nilsinho nos arredores da igreja. E prepare-se para ficar boquiaberto!

Distância de BH: 77 km

Veja o post sobre Cachoeira do Campo no Viaggiando.

Cachoeira do Campo - Matriz de Nazaré

AMARANTINA – MUSEU DAS REDUÇÕES

Amarantina é o terceiro e último dos distritos de Ouro Preto que conheço. Assim como Cachoeira do Campo, ela fica no caminho de quem vai de Belo Horizonte a Ouro Preto. Você verá as placas indicando o Museu das Reduções e talvez não tenha curiosidade de conhecer, mas saiba que vale muito a pena fazer o pequeno desvio! O Museu das Reduções é um museu de miniaturas. Ao longo da exposição a gente tem um verdadeiro retrato do Brasil através de réplicas de construções emblemáticas de diversas regiões do país. São 29 peças que representam monumentos de 15 estados brasileiros. É um trabalho primoroso!

Distância de BH: 71 km

Veja o post sobre o Museu das Reduções no Viaggiando.

Museu das Reduções

MACACOS

O nome correto é São Sebastião das Águas Claras, mas o distrito de Nova Lima é mais conhecido como Macacos. E para os belorizontinos é um velho conhecido, destino bem comum de fim de semana. Pudera, Macacos fica aqui do ladinho e nos proporciona um alívio imediato do caos da capital. A pequena Igreja de São Sebastião, de 1718, entrega que Macacos faz parte da Estrada Real, mas aposto que a maioria dos visitantes não vai até lá atrás de história. Eles estão em busca mesmo é das pousadas e restaurantes charmosos. Especialmente no domingo, quando praticamente não há trânsito, Macacos é uma excelente opção para o almoço. A sobremesa fica por conta da bala delícia do Xurú, parada imperdível, assim como a loja do Instituto Kairós no Clube Cultura Café. Ainda estou devendo um post mais detalhado sobre Macacos, espero resolver isso em breve!

Distância de BH: 25 km

Igreja de São Sebastião - Macacos

SERRA DO CIPÓ

Aí está a grande falha no meu currículo de turista mineira. Como assim moro em Belo Horizonte e ainda não conheço a Serra do Cipó? Falha grave, eu sei! Serra do Cipó é tanto o nome de um distrito de Santana no Riacho como o nome do Parque Nacional da Serra do Cipó, que engloba vários municípios da região. As grandes atrações são as trilhas e cachoeiras. A Serra do Cipó é um destino para todos os gostos, tanto para os mochileiros que planejam acampar quanto para quem procura as pousadas de luxo. É possível também fazer um bate e volta, como os Nerds Viajantes contam no post sobre a Trilha para Cachoeira da Farofa.

Distância de BH: 100 km

CONGONHAS

Congonhas é uma parada imperdível para quem deseja conhecer as cidades históricas mineiras. Os Profetas de Aleijadinho e as seis capelas no Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos são motivos mais que suficientes para a visita, mas recentemente o turismo de Congonhas ganhou um reforço: o Museu de Congonhas. Os turistas agora precisam reservar mais tempo na cidade, pois o museu também é imperdível. Ele elevou a visita ao Santuário a um outro nível. Além de uma mera passagem, Congonhas pode ser um excelente bate e volta a partir de BH.

Distância de BH: 80 km

Veja os posts sobre Congonhas no Viaggiando.

Profetas de Aleijadinho

SANTANA DOS MONTES

Santana dos Montes parece uma joia bem guardada. Parte da Estrada Real, ela conserva a história de Minas em antigos casarões e fazendas e nas tradições populares mantidas vivas, mas ainda assim seu nome ainda é pouco conhecido mesmo entre os belorizontinos. Não vou dizer que isso é um problema, pois com esse aparente anonimato Santana dos Montes consegue manter sua tranquilidade. Difícil é escolher onde se hospedar, pois não faltam opções charmosas na cidade. As melhores são o Solar dos Montes, no qual nos hospedamos, o Hotel Fazenda Santa Marina e a Fazenda do Tanque, a mais recente inauguração. Quero voltar no mínimo para me hospedar nesses dois últimos!

Distância de BH: 125 km

Veja o post sobre Santana dos Montes no Viaggiando.

Santana dos Montes

CORDISBURGO E GRUTA DO MAQUINÉ

Cordisburgo foi uma ótima surpresa para mim. Que delícia de passeio! Na cidade temos os traços de seu cidadão mais ilustre: João Guimarães Rosa, que na minha opinião nada imparcial foi o maior escritor brasileiro. As referências a ele estão no Museu Casa Guimarães Rosa e nos marcos com referência a ele e suas obras espalhados pela cidade. Para completar o passeio, em Cordisburgo fica a fantástica Gruta do Maquiné. É um passeio redondinho!

Distância de BH: 120 km

Veja o post sobre Cordisburgo no Viaggiando.

Cordisburgo

GRUTAS DA LAPINHA E REI DO MATO

Quem não quiser fazer apenas um bate e volta a Cordisburgo, pode montar base em Sete Lagoas para percorrer a Rota das Grutas Peter Lund com mais calma. Não foi o que eu fiz. Fomos em uma ocasião a Cordisburgo e à Gruta do Maquiné e em outra visitamos as Grutas da Lapinha e Rei do Mato, mas você pode fazer o circuito completo de uma só vez, como fez a Alessandra, do blog Tô Pensando em Viajar. Não sei dizer qual das três grutas é minha favorita! E para variar ainda estou devendo o post sobre essas últimas…

Distância de BH: 93 km

Gruta da Lapinha

BELO VALE E A FAZENDA BOA SANTA ESPERANÇA

Belo Vale já valeria a visita simplesmente por abrigar o único museu brasileiro totalmente dedicado à escravidão, o Museu do Escravo. O passeio fica mais completo quando se visita a Fazenda Boa Esperança, que pertenceu ao Barão de Paraopeba e foi construída por escravos na segunda metade do século XVIII. Uma grande parte da história de Minas Gerais e do Brasil fica clara num bate e volta a Belo Vale. A região é riquíssima em história e cultura e notícias recentes indicam que investimentos nas atrações transformarão Belo Vale em um destino turístico ainda melhor, mas do jeito que está ela já merece a visita!

Distância de BH: 92 km

Veja o post sobre Belo Vale e a Fazenda Boa Esperança no Viaggiando.

Fazenda Boa Esperança

SANTUÁRIO DO CARAÇA

O Parque do Caraça é um lugar ao qual ainda quero voltar com tempo para explorar melhor a natureza da região, mas nossa rápida passagem por lá há uns anos deixou ótimas lembranças. Nos hospedamos no Santuário do Caraça e é isso que recomendo para quem deseja ter uma experiência única, afinal, estamos falando de uma Casa de Hospedagem inaugurada em 1774! História é o que não falta por ali! Para completar, há as ruínas do antigo seminário, praticamente destruído por um incêndio em 1968, mas que ainda ostenta uma estrutura maravilhosa.

Distância de BH: 120 km

Veja o post sobre o Santuário do Caraça no Viaggiando.

Santuário do Caraça

CATAS ALTAS

Aos pés da Serra do Caraça fica Catas Altas, uma pequena cidade que tem uma das praças mais fotogênicas de Minas Gerais e também uma das igrejinhas mais charmosas, a Capela de Santa Quitéria. Catas Altas vive tranquila durante a semana e começa a se movimentar quando chega a sexta-feira e os bares e restaurantes abrem as portas para receber os turistas. É uma delícia de destino, mais um lugar para nos desconectarmos da confusão da cidade para acordar ao som dos passarinhos.

Distância de BH: 120 km

Veja o post sobre Catas Altas no Viaggiando.

Catas Altas


É claro que isso não é tudo! Esses são apenas 15 destinos possíveis nos arredores de BH, mas há muito mais a ser explorado. Sei que deixei alguns que conheço de fora e que há muitos outros que ainda quero conhecer, mas é isso que acontece quando se mora em uma região tão rica em história e cultura. Mas sabe qual é meu sonho? Poder chegar a todos esses destinos de trem, partindo da Praça da Estação. Enquanto ele parece impossível, me contento em sonhar com estradas melhores para desbravarmos Minas Gerais…

Veja mais posts sobre destinos em Minas Gerais aqui no Viaggiando.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Continue Viaggiando:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *