198 Livros: Turquia

O Museu da Inocência - Orhan Pamuk

Demorei bastante para decidir que livro iria ler da Turquia. Fui até passando outros na frente só porque não conseguia escolher. De cara eu disse que queria fugir do óbvio e por isso preferia ler algo que não fosse obra de Orhan Pamuk – o mais famoso escritor turco contemporâneo, quiçá de todos os tempos. Um dos motivos para eu querer ler algo diferente é que eu já tinha lido um livro dele, Istanbul, e não foi amor à primeira vista. A leitura não fluiu muito bem, mas acredito que

Leia mais

Lavras Novas

Lavras Novas

Quando ouvi falar pela primeira vez de Lavras Novas eu senti que iria gostar de lá. Um vilarejo histórico no meio das montanhas do interior de Minas só podia ser uma fofura, né? Apesar de ser distrito da famosa Ouro Preto, ela parecia ser bem mais sossegada. Fiquei enrolando para conhecê-la e então comecei a ouvir muitos comentários negativos. Diziam que a tranquilidade tinha acabado e que nos fins de semana as ruas estavam sendo tomadas por carros com som salto. Até desanimei! Será que eu teria que ir no meio da semana

Leia mais

198 Livros: Croácia

198 Livros - Croácia

Cada livro que leio dos países que formavam a antiga Iugoslávia me ensina um pouquinho mais sobre esse complexo Estado e sobre sua ainda mais complexa desintegração. Como o Soldado Conserta o Gramofone, o livro que li da Bósnia, me mostrou as cicatrizes causadas pela guerra através dos olhos de uma criança. Já o da Eslovênia,(Southern Scum Go Home) trata da condição dos imigrantes dos demais países que compunham a antiga Iugoslávia vivendo agora na Eslovênia. O livro da Croácia – The Ministry of Pain, da escritora croata Dubravka Ugresic – misturou um pouco dos

Leia mais

Museu das Reduções de Amarantina

Convento de São Francisco, Olinda

Há um museu nos arredores de Ouro Preto que com certeza não recebe a atenção que merece. Desconfio que muita gente traça seu roteiro pelas cidades históricas e só não o visita porque não fica nem sabendo que ele existe. Estou falando do Museu das Reduções, que fica no distrito de Amarantina, a cerca de 30 km do centro de Ouro Preto. A primeira vez que estive lá foi em 2009, numa época em que o Viaggiando já até existia, mas sei lá porque não falei sobre ele aqui. (Ops! Errei!

Leia mais

Cachoeira do Campo e a Matriz de Nazaré

Matriz de Nazaré de Cachoeira do Campo

Paramos na porta da Matriz de Nazaré, em Cachoeira do Campo, e ela estava fechada. Não queríamos perder a viagem, então perguntamos para um senhor sentado na praça se ele sabia os horários de visitação da igreja. “Pergunta para o padre, ele tá ali”, o senhor nos respondeu. E lá fomos nós. Perguntamos sobre a igreja e ele nos disse que o Nilsinho de certo tinha ido almoçar, mas que a gente podia esperar que ele não devia demorar. E assim fizemos. Aproveitamos para lanchar em uma boa padaria ali em frente e ficamos esperando o tal

Leia mais

Ouro Preto: quando eu, enfim, caí de amores por ela

Ouro Preto

Apaixonada como sou por cidades históricas, era de se estranhar que eu não caísse de amores por Ouro Preto. Eu sempre reconheci sua importância, mas havia algo que me fazia preferir Tiradentes e Diamantina e menosprezar Ouro Preto. A verdade é que sempre a achei uma cidade difícil. As ruas estreitas de pedras que contornam os morros da cidade não são nada apropriadas aos carros e às vezes desanimam até os mais acostumados a caminhar. Acho que eu tive o azar de visitar Ouro Preto em dias muito quentes, o que tornou

Leia mais

Berat, a cidade das mil janelas

Berat-47_thumb.jpg

Nossa viagem de ônibus da Macedônia para a Albânia foi tão difícil que ao chegar em solo albanês eu só desejava que o país valesse a pena. Não demorou muito para que minhas dúvidas fossem dissipadas. A van que nos deixou em Berat estava caindo aos pedaços e o motorista e o cobrador não falavam inglês, mas eles foram tão simpáticos que quase conseguiram nos fazer esquecer dos buracos da estrada. Chegando na cidade eles nos perguntaram onde iríamos ficar e nós já imaginamos que iriam tentar nos empurrar algum

Leia mais

198 Livros: Egito

198 Livros - Egito

Bem antes de sortear o Egito eu já estava de olho em um livro de lá. Era The Crocodiles, do escritor egípcio Youssef Rakha, que havia me interessado porque falava sobre a Primavera Árabe. Quando o país foi sorteado, no início do ano passado, o livro ainda não havia sido publicado em inglês, mas isso deveria acontecer no final do ano. Preferi esperar, já que The Crocodiles parecia ser super apropriado ao projeto. Assim que ele saiu eu comprei meu exemplar digital e comecei a ler. Bom, foi aí que veio

Leia mais

O lindo Mosteiro de São Naum, na Macedônia

Mosteiro de São Naum, Macedônia

Eu já mostrei aqui o quanto Ohrid, uma cidadezinha no sudoeste da Macedônia, é uma lindeza. Daria pra passar dias lá só curtindo o astral e o visual à beira do lago, mas nós deixamos isso para trás por algumas horas para conhecer outro lugar lá perto que prometia ser lindo: o Mosteiro de São Naum, 29 quilômetros ao sul de Ohrid, praticamente na fronteira terrestre com a Albânia. Seria possível chegar ao mosteiro por terra e de táxi provavelmente seria mais rápido, mas nós preferimos o transporte mais fotogênico:

Leia mais

O Viaggiando de cara nova!

O Viaggiando de cara nova

Eu voltei das últimas férias animada a colocar o blog em dia. Cheguei cheia de histórias para contar sobre Geórgia e Armênia, mas fiquei incomodada ao perceber que mal tinha começado a falar sobre os Balcãs, que não contei tudo o que queria contar sobre o Sudeste Asiático e que nem mencionei viagens super bacanas que fiz pertinho de Belo Horizonte. Isso sem falar nos posts dos livros, que estão super atrasados em relação às minhas leituras. Essa é a vida da maioria dos blogueiros… Decidida a mudar essa realidade, me

Leia mais