Viaggiando: 9 anos e uma retrospectiva

Viaggiando: 9 anos!

Mais um ano se passou e aqui estou eu, mais uma vez comemorando o aniversário do blog. 9 anos, gente! É ou não é muita coisa? Lá se foram 9 anos desde o dia em que eu, nem sei bem explicar o porquê, resolvi criar o Viaggiando. 9 anos de altos e baixos, de períodos produtivos e outros nem tanto, mas quando chega novembro eu confesso que sinto orgulho de ainda estar aqui. Todo ano nessa época me pergunto se daqui a um ano estarei comemorando mais um aniversário do

Leia mais

Khndzoresk: a cidade das cavernas na Armênia

Khndzoresk

No caminho o motorista apontava para um lado e para ou outro e ia dizendo: “ali depois daquela montanha é o Irã, em linha reta fica Baku, para lá está Nagorno-Karabakh”. Só entendíamos os nomes dos lugares, o restante era explicado por gestos, afinal, nós não falávamos armênio ou russo e o taxista não entendia nada de inglês. Português nem se fala! Mesmo com a dificuldade de comunicação, conseguimos perceber que estávamos em um lugar especial, uma região que parecia ser o encontro de diferentes línguas, culturas e religiões. Estávamos

Leia mais

198 Livros: Argélia

The Lovers of Algeria - Anouar Benmalek

Alguns livros parecem que nasceram prontos para virar filme. Eles têm todos os componentes necessários: boa trama, suspense, um enredo envolvente, um vai e vem temporal que deixa as coisas mais emocionantes. É esse o caso de The Lovers of Algeria, o livro que escolhi para representar a Argélia no Projeto 198 Livros. Seu escritor, Anouar Benmalek, nasceu em Marrocos. Filho de pai argelino e mãe marroquina, ele conhece bem a complicada história da Argélia no final do século passado. Benmalek é um dos fundadores do Comitê Argelino Contra a Tortura e

Leia mais

Transporte na Geórgia e na Armênia: uma saga

Transporte na Geórgia e na Armênia

Se você planeja uma viagem pelo Cáucaso, esse post é para te ajudar a decidir a melhor forma de se locomover por lá. Isso o que não significa que nossas escolhas foram sempre boas. Sem dúvidas a parte do transporte na Geórgia e na Armênia foi a que mais nos fez quebrar a cabeça na nossa viagem. Pelo que pesquisei, o transporte no Azerbaijão segue a mesma linha e esse foi um dos motivos que não nos deixou esticar a viagem até lá. A gente costuma dizer que a função

Leia mais

198 Livros: Taiwan

Taiwan Tales

Taiwan foi um dos países extras no Projeto 198 Livros. Ao lado de Kosovo e Saara Ocidental, ele completa o trio de não-membros da ONU. Cada um desses países se encontra em um estágio político-social diferente, mas têm em comum o fato de não terem sua soberania reconhecida. Acho a situação do Taiwan a mais difícil de entender e explicar. Ao contrário do Saara Ocidental e do Kosovo, ele não está lutando por sua independência. Não há conflito aparente. Por outro lado, ao mesmo tempo em que é ligado à China, o

Leia mais

Museu de Sant’Ana, em Tiradentes

Museu de Sant'Ana

Não foi agora que eu conheci o prédio que abriga o Museu de Sant’Ana. Quando o Eduardo e eu estivemos em Tiradentes pela primeira vez, há mais de dez anos, visitamos a antiga Cadeia Pública. Isso foi antes de eu ter criado o Viaggiando, época em que a gente ainda tinha um espaço bem limitado nas câmeras digitais e escolhia bem as fotos que tirava. Quer dizer, escolhia bem é nada, pois a única foto que tenho de lá é uma típica foto jacu da qual prefiro poupá-los. Estivemos em Tiradentes diversas

Leia mais

Hospedagem na Armênia

Hospedagem na Armênia

Nossa escolhas de hospedagem na Armênia foram variadas, um misto de ótimas e péssimas escolhas. Quer dizer, as escolhas foram boas, péssima só mesmo a que não pudemos realmente escolher. Mas é pra isso que existem os blogs, não é? A gente viaja e depois vem aqui para contar para vocês quais são os hotéis que podem reservar sem medo e aqueles dos quais é melhor fugir. No geral achei que a hospedagem na Armênia está bem consolidada apenas na capital, Yerevan. No interior as opções são mais escassas, mas

Leia mais

198 Livros: Líbia

Chewing Gum – Mansour Bushnaf

Esse negócio de querer ler um livro de cada país do mundo às vezes é traiçoeiro. Já falei várias vezes que tomo cuidado para não achar que sei tudo de um país só porque li um livro que parece desvendá-lo para mim. Como eu sempre digo, um livro é sempre uma versão da história. Acontece também de eu sentir que só consegui entender um livro superficialmente, porque parece que ele foi escrito para quem já conhece bem seu contexto. Foi o caso de Chewing Gum, do escritor líbio Mansour Bushnaf.

Leia mais

Um dia em Roma ou como aproveitar uma longa conexão

Um dia em Roma

Muita gente já me perguntou como é que uma pessoa que gosta tanto de cidades históricas como eu ainda não tinha ido à Itália. Pois agora eu respondo: não sei nem por onde começar a planejar uma viagem para lá! São tantas cidades, roteiros, atrações naquele pequeno pedaço de terra que eu simplesmente travo só de olhar para o mapa! Isso acontece com muitos países da Europa, mas com a Itália parece pior. Então, quando compramos a passagem para Tbilisi e ganhamos duas longas conexões compulsórias em Roma, na ida

Leia mais

O ipê-rosa de Belo Horizonte

Ipê-rosa

É comum ver as pessoas planejarem viagens ao Japão na época das cerejeiras, à França quando os campos de lavanda estão mais bonitos, à Holanda para ver as tulipas, mas quem é que já pensou em visitar o cerrado brasileiro no inverno para ver os ipês floridos? Te garanto que o espetáculo do ipê-rosa em Belo Horizonte é tão grandioso quanto esses que a gente procura no exterior. Moro em BH há quase quatro anos. A primeira vez que vi a chegada dos ipês foi emocionante. Ninguém tinha me avisado

Leia mais